Os canais oficiais de informação enquadram as dúvidas em torno da queda do WTC7 (o prédio 7) como teorias da conspiração. Embora eles não promovam debates sérios e isentos sobre o tema, as inúmeras inconsistências fornecidas pelo governo norte-americano sobre os atentados de 11 de setembro já levam inúmeros críticos a considerar que tudo não passou de uma grande armação.

O colapso do edifício 7 do World Trade Center

A pergunta: Como é possível que um arranha-céu que não foi atingido por um avião tenha desmoronado tão rapidamente e simetricamente, quando nenhum outro prédio revestido de aço caiu por causa de incêndios?

O que os teóricos da conspiração dizem: O edifício 7 do World Trade Center foi destruído por uma demolição controlada usando explosivos e materiais inflamáveis.

O foco da teoria inicialmente era uma frase dita pelo dono do prédio, Larry Silverstein, em uma entrevista de TV. Ele falava sobre a retirada dos bombeiros do edifício, mas a expressão que utilizou fez com que sua fala fosse interpretada como uma alusão ao momento em que os explosivos foram detonados.

Agora o foco mudou para a velocidade do colapso do edifício, que esteve próxima à velocidade de queda livre durante 2,25 segundos. Argumenta-se que somente explosivos poderiam fazer com que o prédio desmoronasse tão rapidamente.

Alguns cientistas, que são céticos quanto ao relato oficial, examinaram quatro amostras de poeira do Marco Zero e dizem ter encontrado material termítico, que reage violentamente em contato com o calor. Eles dizem ainda que toneladas de materiais explosivos foram colocadas dentro não só do WTC7, mas também das Torres Gêmeas.

Quem não deve, não teme uma nova investigação!

1.500 arquitetos e calculistas que se uniram na organização AE911Truth.org, afirmam que o WTC7 foi implodido. A explicação oficial do governo norte-americano e do NIST, de que apenas um simples incêndio nos escritórios teria levado o edifício ao colapso, são impossíveis fisicamente. Alguns parentes das quase 3.000 vítimas apoiam a exigência do grupo para uma nova investigação da destruição dos três arranha-céus em Nova York.

Quanto mais se estuda o assunto, mais se chega à conclusão que não existem diversas teorias da conspiração, mas sim, apenas uma: que um bando de malvados árabes organizou a partir das cavernas do Afeganistão um mega-ataque terrorista contra o Pentágono e o World Trade Center em Nova York – NR.

Inúmeros incêndios em arranha-céus, que duraram muito mais tempo e foram mais intensos, nunca levaram ao colapso destes edifícios como aconteceu com o WTC7. Além disso, seu desabamento aconteceu em queda-livre, ou seja, apenas sob efeito da ação da gravidade: isso significa que não havia resistência dos andares inferiores, os quais não tinham sido atingidos pelo fogo. Isso indica claramente que as estruturas de aço foram cortadas provavelmente pelo uso de nanothermite – NR.

Recomendamos que os leitores assistam o vídeo abaixo, “Architects & Engineers – Solving the Mistery of WTC7”:

FONTE

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!