A natureza aflora em nós, desde a pouca idade, um encantador universo de descobertas e autoconhecimento. Na Índia, essa ideia é levada a sério e foi inclusa na grade escolar como atividade extracurricular. Através do projeto educacional Compassionate Citizen, as crianças aprendem a ter compaixão pelos animais, ampliando seu engajamento ambiental.

Direcionado para a garotada entre 8 e 12 anos, o programa é uma parceria entre as ONGs Animal Rahat e PETA (People for Ethical Treatment of Animals), que agem em defesa dos direitos dos animais. O intuito é desenvolver respeito, empatia, gentileza e atos de não violência, direcionados a todos os seres vivos. “A maioria das crianças sente naturalmente preocupação e afeição pelos animais, mas eles aprendem o comportamento cruel da sociedade e gradualmente perdem sua compaixão. A falta de respeito por outras espécies pode se traduzir em insensibilidade e crueldade para com os outros seres humanos”, descrevem as partes, em comunicado oficial.

Sabemos que a cultura hindu propõe a aversão ao consumo de carne e coloca a vaca como um animal sagrado, o que por muito tempo tornou a Índia um dos países mais vegetarianos do mundo, inclusive por influência de Mahatma Gandhi. Ainda assim, independente dos valores religiosos, a prática expande a consciência e o olhar das crianças para comportamentos de igualdade, ainda tão fundamentais nos dias de hoje.

Compaixão ensinada na escola

A educação humanizada dentro da escola serve para não abrir essa porta que alerta para futuros atos de violência contra os seres humanos. Propondo que todos sejam tratados respeitosamente, a mensagem se espalha principalmente em comunidades mais remotas, onde por vezes os animais são utilizados como máquinas, fazendo com que os pequenos percam a noção de seus sentimentos e de sua importância no mundo.

O impacto de aulas do tipo gerou engajamentos significativos e que colaboram com a formação social dos envolvidos. Na vila de Sawali, alunos e professores já fizeram até mesmo marchas pacíficas em prol dos animais, espalhando mensagens de amor e pedindo para que as pessoas evitem o uso do manja, corda de pipa que fere e mata as aves.

Através de um olhar sensível, o projeto oferece workshops que já se espalham por 21 mil escolas públicas e privadas, impactando o pensamento de 4,3 milhões de crianças e, consequentemente, resultando numa nova geração mais gentil e amorosa.

FONTE

 

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.