A anomalia magnética misteriosa foi descoberta na seção sul do Atlântico e pode constituir um risco para a vida das pessoas nas regiões da Argentina, Uruguai, sul do Brasil e do Paraguai. Poderia ser um novo Triângulo das Bermudas? Descoberto por alguns cientistas e relatado na revista New Scientist em que se fala da possibilidade de que exista um outro “Triângulo das Bermudas” em um trecho do Oceano Atlântico entre o Uruguai, Paraguai e Brasil devido a uma espécie de anomalia magnética que causam defeitos nos satélites que estão a percorrer nesta área chamada ‘Anomalia Atlântica’, o que gera distúrbios e transtornos para eletrônica e telecomunicações.
Uma série de medições efetuadas a partir de estações de Skylab e espacial  mostraram um aumento na anomalia radiação na região espacial do Atlântico que poderia mesmo ser perigosa para os homens com o risco de desenvolvimento de mutações ou doenças. Também por esta razão a estação espacial internacional foi especialmente protegida para o trânsito nesta região, uma vez que explica o geofísico do Observatory Aigua, Uruguai.

Enrique Balbi, o porta-voz da Marinha, afirmou que está sendo investigada uma “anomalia hidroacústica” na zona de buscas do submarino desaparecido, 30 quilômetros a norte da última posição conhecida do ARA San Juan.

“Recebemos uma informação do embaixador da Áustria sobre um evento anômalo, singular, curto, violento e não nuclear consistente com uma explosão”, disse o porta-voz da Marinha, Enrique Balbi. “O evento coincide com a informação recebida pelos Estados Unidos (…) de que foi detectada uma anomalia hidroacústica na quarta-feira, dia 15″.
Sera que no Atlântico sul existe um novo Triângulo das Bermudas e que realmente afetou o submarino Argentino?

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!