Em 22 e 26 de dezembro quatro potências mundiais – EUA, Rússia, China e Japão – lançaram foguetes, todos supostamente carregando satélites; ou pelo menos foi essa a justificativa oficial desses países.
26 de dezembro:

Rússia – foguete com 1 satélite (por alguma razão desconhecida, a Rússia perdeu contato com seu satélite após o lançamento)

China – foguete com um número desconhecido de satélites

O site ufosighitingshotspot publicou:

Estes lançamentos quase ao mesmo tempo não são coincidências e, embora foi digo que todos esses sejam satélites climáticos e de comunicação, ficamos imaginando se esse realmente é o caso, ou se o real propósito dessa carga é monitorar “algo” no espaço.

Já, o canal MrMBB333 do YouTube começa seu vídeo a respeito desses lançamentos dizendo: “Algo grandioso está ocorrendo”. Ele levanta a questão do porquê do foguete do Japão ter sido lançado somente um minuto antes do foguete dos EUA.

A questão levantada por MrMBB333 ao final de seu vídeo é:

Já temos milhares de satélites no espaço, assim por que, de repente, precisamos urgentemente de mais satélites?”

O que o vídeo não mencionou foi que um quarto foguete, desta vez lançado pela China, também chegou ao espaço no dia 26 de dezembro. Este, supostamente, também carregava “satélites”.

É claro que todos esses lançamentos praticamente ao mesmo tempo podem ter sido somente uma grande coincidência, ou até mesmo algum “joguinho de quem chega lá primeiro” pelas superpotências mundiais.  Mas, considerando o que está ocorrendo no mundo nesses últimos meses, com a criticidade das relações entre a Coreia do Norte e o mundo, as notícias sobre o Pentágono abrindo o jogo a respeito de seus estudos sobre OVNIs e certas ações de Donald Trump, melhor ficarmos de olhos abertos para o que esse pessoal anda fazendo.

Veja abaixo o vídeo do canal MrMBB333?

(Para informações de como ativar a legenda em português, embora esta não seja precisa, clique aqui):

Via Ovni Hoje

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!