Abrir uma mensagem alienígena para a Terra apresenta um risco cataclísmico para a humanidade, afirma um novo artigo científico.

Um novo estudo sobre a comunicação interestelar entre seres humanos e extraterrestres examina o último dilema: se devemos abrir, ler e interpretar mensagens de inteligência extraterrestre (IET).

Mas, infelizmente, o relatório conclui que, devido o fato dessas mensagens não poderem ser descontaminadas com segurança, a opção mais segura seria a de destruir essas mensagens não lidas.

As mensagens de extraterrestres apresentam várias ameaças possíveis.

Em um nível básico, uma mensagem como, “Vamos fazer o seu Sol amanhã virar uma supernova“, pode causar um grande pânico, independentemente da verdade, enquanto uma mensagem mais complicada pode chegar com vírus embutidos ou outros problemas técnicos.

Os autores Michael Hippke e John G. Learned escrevem no relatório “Interstellar IETcommunication: Message decontamination is impossible” (Comunicação interestelar: Descontaminação da mensagem é impossível):

Afinal, é mais barato que a ETI envie uma mensagem maliciosa para erradicar os seres humanos, em comparação com o envio de naves de guerra.

Um passo lógico seria usar máquinas isoladas e em quarentena para análise.

No entanto, o artigo argumenta porque tais medidas são insuficientes e não existe nenhum procedimento de segurança para conter todas as ameaças.

Isto continuaria a representar uma ameaça, mesmo que a mensagem seja tratada com o maior cuidado, inclusive se um computador for criado na Lua para executar o código, com dispositivos de segurança, incluindo bombas de fusão controladas remotamente, para terminar a experiência a qualquer momento.

Pesquisas atuais indicam que mesmo um sistema bem desenhado seria inútil, já que nunca podemos excluir erros e emoções humanas.

Uma mensagem da IET não pode ser descontaminada com segurança, afirma o relatório.

Para qualquer coisa mais complexa que o texto simples, os riscos técnicos são impossíveis de avaliar de antemão. No entanto, o documento observa os benefícios potenciais ‘consideráveis’ de se juntar a uma rede galáctica.

Ele conclui:

No geral, acreditamos que o risco é muito pequeno (mas não zero), e o benefício potencial é muito grande, de modo que recomendamos encorajar a leitura de uma mensagem recebida.

E em um guia sobre como devemos responder a uma mensagem alienígena, os autores escrevem:

Certamente não devemos transmitir nenhum código. Em vez disso, uma enciclopédia de texto simples, imagens, música, etc., em um formato simples são adequadas … Nenhum computador avançado deve ser necessário para descriptografar nossa mensagem.

Se a humanidade vai atender o conselho de Hippke e Learned ainda veremos, mas à medida que a corrida espacial acelera, esta é uma questão que em breve poderá exigir uma resposta.

(Fonte)


E, novamente, lá vem a mente beligerante humana achando que todo o ser inteligente no Universo é um macaco briguento e destruidor como os terráqueos. Com tanto planeta e asteroide desocupados por esse Universo afora, repletos dos mais variados recursos, por que alguém teria a necessidade de destruir outras vidas somente para se apossar de planetas habitados?

Via Ovni Hoje

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!