Estudo recente prevê conflagração nuclear com a Coréia do Norte, retorno de Jesus Cristo e eliminação da espécie humana com aparição do Planeta X

Em setembro do ano passado, a internet foi a loucura após o numerólogo britânico David Meade afirmar que o mundo acabaria no dia 23 , com o misterioso planeta Nibiru esmagando a Terra e seus habitantes. A profecia não se concretizou, sendo remarcada para o dia 15 de novembro . Após as falhas na previsão, Mead realizou novos estudos e garante: o apocalipse ocorrerá em março deste ano.

Baseado em interpretações do antigo testamento e na teoria da conspiração sobre o suposto Planeta X – também conhecido como Nibiru –, o numerólogo acredita que o fim do mundo será marcado por uma série de “pragas”, que vão de tsunamis e terremotos a ataques nucleares e guerras catastróficas.

Ajustes técnicos

De acordo com suas recentes análises, primeiro, haverá algum tipo de conflagração nuclear com a Coréia do Norte, onde Jesus provavelmente aparecerá em paralelo com o Planeta X, que dará um fim a humanidade.

“Estudei vários meses seguidos, e tudo aponta que o apocalipse ocorrerá em março deste ano. Desta vez é ainda mais certo por coincidir com os 70 anos do estado de Israel, que para muitos teóricos da conspiração significa o fim dos tempos e o retorno de Jesus Cristo”, afirmou ao jornal Metro .

Mead ainda acrescentou que ‘a grande tribulação’ se fará notável depois de um curto período de paz, interrompido pela aparição do planeta mortífero em dia e horário ainda não definidos. “Não se pode falar em semana e dia, mas de fato 2018 é um ano e tanto para esses acontecimentos. Eu não me surpreenderia se a partir de hoje não se falasse de outra coisa a não ser de Nibiru”.

É importante evidenciar que grande parte desta teoria é baseada nas profecias do “Jubileu” do rabino Judah Ben Samuel, místico do século 12 que escreveu muitos documentos históricos sobre os “tempos finais messiânicos”.

Segundo esses registros, o mundo terminará em 2018, supostamente, porque o rabino previu que os turcos governariam Jerusalém para oito “jubileus”. Assim, o fim do mundo se concretizaria após Jerusalém voltar ao domínio judaico.

‘O Planeta Nove’

Mencionado pela primeira vez em 1976, no livro “O Décimo Segundo Planeta”, de Zecharia Sitchin, o ‘Planeta Nove’ é reconhecido, por teóricos da conspiração, como a “casa de alienígenas do passado”, chamados Annunaki, os criadores da raça humana.

Entretanto, a Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) relatou muitas vezes que a existência de Niburi é falsa, não passando de um boato virtual sem embasamento científico.

Para o cientista David Morrison, muitos preferem seguir o “comportamento padrão” ao acreditarem em teses duvidosas , se apegando mais as teorias de numerólogos como Mead, que preveu o fim dos tempos em anos diferentes, do que em informações confirmadas por um órgão oficial do governo. “Acho que está na hora de todos superarem essa ideia”, concluiu.

Dica do amigo e leitor Carlos Spanhol Filho

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!