Cerca de 72 milhões de abelhas morreram de repente na zona de traslasierra, na cidade de cordova, Argentina. As investigações estão em curso e os devastados apicultores apontam para um mau uso de produtos agrotóxicos.

A notícia se chegou a conhecer graças a vídeos e fotos que se virais nas redes sociais, o lamentável acontecimento causou grande preocupação mundial, por isso as autoridades argentinas começaram a coleta de amostras para levá-las a um laboratório e determinar a causa da causa. Morte massiva das abelhas.

De acordo com os meios argentinos, a morte dos 72 milhões de abelhas deve-se à má aplicação de produtos fitossanitários, é de salientar que esta teoria não é oficial e também não foi desmentida pelas autoridades.

Designer de Moda, reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade e espiritualidade.