Um asteroide do tamanho de um armazém passou muito próximo do nosso planeta no fim de semana, apenas algumas horas depois de ser visto pela primeira vez.

Conhecido agora como Asteroide 2018 GE3, a rocha espacial era várias vezes maior do que o meteoro que explodiu sobre Chelyabinsk, na Rússia, que causou danos generalizados e lesões em 2013.

A rocha, de forma preocupante, foi descoberta pelo Observatório Catalina Sky Survey e Steward, no Arizona, poucas horas antes de passar por cerca de metade da distância entre a Terra e a Lua.

Com até 400 pés de diâmetro, o objeto é muito maior que os asteroides que normalmente passam a essa distância, e está entre os maiores que se aventuraram tão perto de nosso planeta em memória recente.

Sua descoberta destaca o quanto somos vulneráveis ​​a ataques inesperados de asteroides.

(15 de abril de 2018 – O asteroide 2018 GE3 voou por nós hoje, metade da distância até a Lua. Com cerca de 50-100 m de diâmetro, era várias vezes [maior que]o meteoro de Chelyabinsk de 2013, em torno do tamanho do evento de 1908 em Tunguska – suficiente para destruir facilmente uma cidade. Tivemos menos de um dia de aviso. (Michael Jäger))

(Fonte) Via Ovni Hoje

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!