Um asteroide recém detectado se chocou contra a alta atmosfera da Terra na altura da África do Sul, criando uma grande bola de fogo registrada por diversas câmeras. Este é o terceiro caso em que uma rocha vinda do espaço atinge a Terra horas depois de ser descoberta por telescópios de monitoramento de asteroides.

O asteroide, batizado 2018 LA, foi primeiramente detectado pelo Observatório Monte Lemon, no Arizona, às 08h22 UTC (05h22 BRT) do dia 2 de junho e cerca de uma hora depois as previsões já mostravam que havia 85% de chances de impacto, que poderia ocorrer ao redor das 15h12 UTC ao longo de uma estreita faixa entre a Indonésia e o sul da África.

A confirmação da entrada do objeto ocorreu às 16h51 UTC (13h44 BRT) e segundo o Centro de Pesquisas Catalina, que controla o observatório de Monte Lemon, o impacto ocorreu sobre o extremo sul da África.

De acordo com dados registrados por uma estação de infrassons localizada na África do Sul, o choque descarregou energia cinética equivalente a 400 toneladas de TNT, produzida por um bólido voando a 61 mil km/h com cerca de 3 metros de diâmetro.

Este é o terceiro caso de rápida detecção e previsão de impacto um asteroide após sua descoberto. Os outros dois casos foram os asteroides 2008 TC3 e 2014 AA, ambos descobertos pelo Centro Catalina.

Fonte: Apolo 11

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!