Em 16 de dezembro, o Cometa 46P / Wirtanen se aproximará da Terra a menos de 1,5 milhão de quilômetros de distância – tornando-se um dos 10 cometas mais próximos da Era Espacial. É um pequeno cometa, com um núcleo de apenas 1 km de largura, mas essa proximidade faz com que até mesmo pequenas coisas pareçam grandes. A atmosfera gasosa do cometa agora é tão ampla quanto a Lua cheia. Mike Broussard de Perry, Louisiana, fotografou o cometa em 2 de dezembro e inseriu a Lua em escala:

“O cometa ainda tem algumas semanas antes da aproximação e já é tão grande quanto uma Lua cheia”, diz Broussard, que pôde ver o cometa a olho nu – “mal podia ver… e somente quando estava na parte mais escura do céu”, acrescenta.

Apesar de sua aproximação, o 46P / Wirtanen nunca se tornará um Grande Cometa como o Cometa Hayakutake em 1996 ou Comet Hale-Bopp em 1997. O relativamente pequeno núcleo de gelo sujo do Wirtanen não produz gás e poeira suficientes para criar uma cauda realmente brilhante e chamativa. O melhor cenário possível é provavelmente uma grande nuvem difusa de magnitude +3 ou +4, pouco visível a olho nu, mas um alvo fácil para binóculos e pequenos telescópios de campo amplo.

Em 3 de dezembro, em Cape Cod, Massachusetts, o fotógrafo Chris Cook nem precisou de um telescópio para capturar o brilho verde de Wirtanen. Ele tirou esta foto usando uma câmera digital Canon 6D com uma lente de 35 mm:


Imagem de Comet 46P / Wirtanen por Chris Cook via Space Weather Gallery
“Esta foi a primeira vez que vi o Cometa 46P/Wirtanen – mal podia ser visto a olho nu para o meu céu, mas em binóculos 7 × 50 pude ver um coma muito grande (bola de gás) quase 1° de diâmetro! Isso me lembra o coma massivo do cometa Hayakutake, mas não tão brilhante”, relata Cook.

O célebre astrofotógrafo Juan Carlos Casado, que na noite de 3 de dezembro tirou sua própria imagem HDR do cometa sobre uma torre de igreja na Espanha, oferece conselhos para novatos: “Use formato de arquivo RAW, uma lente rápida (pelo menos f/2.8) e configurações ISO entre 1600 e 3200. A exposição dependerá da distância focal. Eu normalmente uso a regra 500 – isto é, exposição = 500/focal (mm) com um tripé. Também ajuda, em áreas com poluição luminosa, usar um filtro antipoluição. Agora estou usando o filtro de clipe Optolong L-Pro que oferece excelente equilíbrio de cores.”

Imagem do Cometa 46P / Wirtanen voando sobre uma igreja na Espanha. Foto por Juan Carlos Casado via Space Weather Gallery

Nas noites de maior aproximação, o cometa 46P/Wirtanen poderá ser encontrado na constelação de Touro, subindo no leste ao pôr do sol e alto no céu à meia-noite.

(Fonte) via Ovni Hoje

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!