Cientistas japoneses estão preocupados com o aumento da pressão na câmara de magma que se encontra no fundo do Monte Fuji.

O terremoto de 2011 no Japão causou um aumento da pressão na mais alta montanha do país, que é agora 16 vezes maior do que a necessária para produzir uma erupção, disseram nesta semana, pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisa em Ciências da Terra e Prevenção de Desastre.

Uma erupção poderia potencialmente causar um desastre na região metropolitana de Tóquio que fica a 62 km do Monte Fuji.

Nos últimos meses foram registrados uma série de pequenos tremores na montanha símbolo do Japão, informou o Boletim de Vulcanologia.

Fonte