Assista ao discurso de Julian Assange às Nações Unidas, feito em 26 de setembro de 2012, no qual ele fala sobre direitos humanos, sobre a prisão por tempo indeterminado e sem julgamento da suposta fonte que entregou ao Wikileaks 251 mil documentos sigilosos dos EUA, o militar Bradley Manning, e sobre o “regime de segredos” que o governo dos EUA está tentando instaurar no país.

Fonte