Durante todo o documentário, o telespectador é envolvido em uma discussão entre antropólogos, etnólogos, arqueólogos, entre outros que acreditam que o fim Mundo pode acontecer. Para eles as mudanças no magnetismo da Terra, a inversão dos pólos, as catástrofes naturais, as ameaças do espaço levaram o nosso planeta a destruição completa.

Por outro lado, o debate fica ainda mais forte quando cientistas do centro Carl Sagan da NASA e outros institutos de Pesquisa refutam estas teorias apocalípticas, e nos levam a crer que tudo isso não passa de uma bobagem.