Os serviços de inteligência do Ocidente e da Coreia do Sul não conseguem identificar o material radioativo utilizado pelos norte-coreanos durante o teste nuclear do último dia 12 de fevereiro, comunica a mídia ocidental.

Conforme concluem especialistas, a nova bomba norte-coreana ultrapassa várias vezes em potência a ensaiada em 2006.

Na opinião dos mesmos, o material utilizado durante os primeiros dois testes nucleares, realizados por Pyongyang em 2006 e 2009, foi o plutônio. [fonte]