Os cientistas detetaram uma erupção no setor sudoeste do disco solar. Segundo eles, devido a isso, em 7 e 8 de junho a Terra poderá ser afetada por uma tempestade magnética.

Em meados de maio, os cientistas registraram toda uma série de fulgurações de raios X, do tipo mais potente, que não se verificaram desde outubro de 2012. Na altura, não houve consequências graves, já que as emissões de energia solar não estavam orientadas para a Terra.

  Flickr.com/NASA Goddard Photo and Video/cc-by

fonte