” Depois do mês de Abril mais quente desde que há registos meteorológicos na Terra, seguiu-se o mês de maio mais chuvoso de que se há memória em vários países da Europa central.  Além das tempestades severas de granizo que provocaram muitos estragos nos últimos dias em diferentes regiões da França, o grande volume de chuva também obrigou a evacuação de centenas de moradores de cidades no centro do país.

As chuvas nos últimos dias deixaram 20 mil casas sem eletricidade nos arredores da capital francesa. Os famosos museus do Louvre e d’Orsay fecharam as portas para que especialistas levem obras de seus acervos para locais protegidos das águas.”