Na humanidade da superfície da Terra o medo é a doença principal.
Sendo assim, é uma humanidade necessitada de cura.
Se conseguíssemos lançar fora o medo, as demais doenças praticamente desapareceriam.

O medo é como um imã. O medo atrai situações que sem ele poderiam não existir. Então devemos fazer o exercício de mandar embora o medo, empurrá-lo para fora, pois ele não é fixo.