Quem gosta de coisas clichês como presentear alguém com uma caneca impressa com a própria foto, assistir vídeo cacetadas com crianças se machucando e rir disso, se reunir domingo a noite para chorar com notícias do fantástico ou mesmo pessoas que curtem uma inauguração de mercado.

A ignorância é uma benção? Provavelmente sim. Este padrão de felicidade tem muito a dizer, confira este vídeo aonde Leandro Karnal fala sobre o assunto: