Nota: Para preservar a identidade das testemunhas, estamos ocultando o nome verdadeiro das mesmas. Também a pedido das testemunhas, não divulgaremos o endereço exato de onde ocorreu o evento.

A cidade de Joinville está localizada no norte de Santa Catarina e na região ocorrem avistamentos constantes de ovnis e luzes estranhas no céu.

No último sábado 21, uma moradora do bairro Vila Nova em Joinville, entrou em contato com o GPUSC informando que a vegetação em sua propriedade estava amassada e necessitava que a área fosse verificada.

No domingo 22, os ufólogos do GPUSC estiveram no local para conversar com a família e analisar a marca deixada sobre a vegetação.

Segundo relato da Sra. Maria (o nome da testemunha foi alterado para preservar sua identidade), a mesma tinha lembranças de um contato com seres de forma humanoide com 1,50 m de altura e pele levemente azulada. Os seres conversaram com ela, passando informações diversas e como conseguiam se deslocar até aqui e retornar ao seu local de origem. A Sra. Maria também relatou que foi levada para dentro da nave e descreveu alguns detalhes interessantes do interior do objeto.

Apesar das lembranças serem muito reais, a Sra. Maria acreditava ser apenas um sonho que havia tido na noite anterior. Entretanto, tudo mudou quando ela e seu marido perceberam a vegetação amassada em sua propriedade.

Vegetação Amassada – Análise

Analisamos a vegetação amassada e não localizamos pegadas ou qualquer vestígio de intervenção humana. Inclusive, a mata em volta é bem fechada e foi necessário caminhar por mata fechada até o local.

A vegetação está amassada, mas não quebrada. Em baixo da vegetação há um banhado e as plantas estão com suas bases intactas.

A vegetação ao redor e acima da vegetação amassada não possui sinais de danos, descartando algum fenômeno atmosférico como um “microburst” (micro explosão).

A área com as plantas amassadas possui 4 metros de comprimento por 3 metros de largura. E possui um formato triangular.

Identificamos também que há 3 pontos onde algo ultrapassou a vegetação, chegando até o solo. Se um objeto pousou no local, estes pontos poderiam ser o trem de pouso do suposto objeto.

Pesquisas.

As pesquisas estão em andamento, as informações relatadas pelas testemunhas estão sendo analisadas e verificadas. E nos próximos dias estaremos publicando mais informações sobre este caso.

Caso você tenha alguma informação, relato, ou deseje mais informações pode entrar em contato conosco através do e-mail contato@gpusc.com.

Direto do Site GPUSC