De forma científica, a frequência vibracional do Sal Grosso é da ordem de 728 THz (Tera-hertz) e seu comprimento de onda é de exatos 415 nm (nanômetros). Estas são as mesmas características da cor violeta que possui frequência entre 668 e 789 Thz com um comprimento de onda entre 380 e 450 nm.

Portanto o Sal Grosso possui os mesmos efeitos da onda de cor violeta, e é capaz de neutralizar os campos eletromagnéticos negativos.

O sal grosso é considerado um potente purificador de ambientes.

Muitos povos antigos usavam o sal para combater o mau-olhado e deixar a casa a salvo de energias negativas. E isso permanece até os dias atuais.

As energias densas costumam se concentrar nos cantos da casa, por isso, colocar um copo de água com sal grosso ou sal de cozinha equilibra essas forças e deixa a casa mais leve.

Para uma sala média onde não circula muita gente, um copo de água com sal em dois cantos é suficiente.

Em dois ou três dias, já se percebe a diferença. Quando se formam bolhas é hora de renovar a salmoura.

A solução de água e sal também é capaz de puxar os íons positivos, isto é, as partículas de energia elétrica da atmosfera, e reequilibrar a energia dos ambientes.

A prática simples de purificação com água e sal deve ser feita à menor sensação de que o ambiente está carregado, depois de brigas ou à noite, no quarto, para que o sono não seja perturbado.

Uma pitada de sal sobre os ombros afasta a inveja.

Para espantar o mau-olhado ou evitar visitas indesejáveis, coloca-se uma fila de sal na soleira da porta ou um copo de salmoura do lado esquerdo da entrada.

Depois de uma festa, lavar todos os copos e pratos com sal grosso para neutralizar a energia dos convidados, purificando a louça para o uso diário.

Outra tradição, quando alguém se muda, as primeiras coisas a entrar na casa são: um copo de água e outro com sal.

É barato, fácil de encontrar, pode lhe ajudar em momentos de dificuldade e de esgotamento energético! (Autor desconhecido)

FONTE