O Pentágono divulgou fotos do dispositivo no dia do anúncio de seu lançamento e até agora está sendo muito discreto sobre suas missões e capacidades.

A United Launch Alliance (ULA) lançou neste domingo (17) um foguete Atlas V carregando o X-37B, o avião espacial desenvolvido pela Boeing para a Força Aérea dos EUA (USAF). A missão USSF-7 será a sétima sob supervisão da Força Espacial (USSF) criada pelo presidente Donald Trump.

“…sempre com o propósito mantido em segredo.

Desta vez, parte dos objetivos da missão é pública. Segundo Barbara Barret, secretária da Força Aérea dos EUA, a espaçonave carregará três experimentos importantes. O primeiro é uma placa contendo amostras de “materiais significativos” para testar sua reação às condições do espaço, e o segundo irá estudar o efeito da radiação ambiente do espaço em sementes. Ambos foram desenvolvidos pela Nasa.

O terceiro experimento, criado pelo Laboratório de Pesquisa Naval dos EUA, investigará a transformação de energia solar em micro-ondas eletromagnéticas, e sua transmissão para a Terra. Além disso, a missão irá lançar o FalconSat-8, um pequeno satélite desenvolvido pela Academia da Força Aérea dos EUA, que conduzirá “vários experimentos” em órbita.

O foguete Atlas 5 terá na carenagem uma dedicatória. O texto diz: “Em memória às vítimas da Covid-19 e tributo a todos os socorristas e profissionais que trabalham na linha de frente. AMÉRICA FORTE”.

https://olhardigital.com.br/


NOTA DO AUTOR: Primeiro astronautas são enviados em plena Pandemia lá pra cima, depois Elon Musk da depoimentos de que vai vender tudo, nada mais importa. Agora este avião especial levando 3 cargas que eles divulgaram, imagina o que não foi dito. Se tem até material radioativo sendo utilizado, nem vamos imaginar o restante… Com a conexão de que o sol está enfraquecendo e de que, algo pode estar atraindo todos estes meteoros para a Terra. Sem contar no Starlink aumentando gradualmente e o projeto de um Starlink militar….Meus amigos… Tem muita coisa cheirando ruim aí…