Segundo os Illuminatis (Iluminados), a Era da Guerra aproxima-se rapidamente do seu fim, como a Era do Bronze, do Ferro, Medieval e a Moderna. Logo, a Era da Iluminação começará e estará cheia de avanços nunca vistos pelo ser humano dos tempos atuais. Em uma futura sociedade onde a guerra é obsoleta, a espécie humana será libertada para desenvolver seu potencial.

Em breve, uma nova tecnologia será disponibilizada. Em pouco tempo, os cientistas terão acesso a uma fonte de energia escondida no ar do planeta, que ainda não foi detectada, e causará um furor no meio científico. Essa nova energia estará disponível para  todos e tudo poderá funcionar sem a necessidade de um país invadir o outro, para preencher suas necessidades energéticas. Existirão novos métodos de produção de alimentos e água pura. A energia do fluxo livre permitirá o aperfeiçoamento da agricultura com o máximo desempenho e sem a necessidade de produtos químicos nocivos. Dispositivos para alterar o clima deste planeta já foram desenvolvidos e cada espaço do planeta poderá ser alterado para manter uma alta qualidade de vida, para que todas as pessoas vivam bem e prosperem. O trabalho cansativo será feito por máquinas avançadas e os humanos dedicarão suas mentes ao desenvolvimento da espécie. Esses tempos se aproximam.

Os humanos escolheram permanecer na Era da Guerra, porque não sabiam nada diferente do que lutar e matar por sua sobrevivência, mas na Era da Luz, sem escassez de energia, alimentos ou água, não haverá essa necessidade. Fronteiras entre paises serão obsoletas e o desejo de guerra, será, aos poucos, erradicado. Não devemos temer nada que esteja à frente, nem os sons que serão ouvidos nos horizontes vermelhos de todo o planeta. Este é o sinal de que a ajuda está a caminho. No oceano Atlântico existe uma ilha flutuante de formato circular, que não aparece nos mapas e vaga pelo oceano, quase sempre envolta em um espesso nevoeiro, a não ser em determinadas ocasiões, que se abre para determinados visitantes especiais e pode ser vista em sua plenitude. Ela não tem um nome e aqueles que a conhecem, a chamam de A Ilha. Nela, existe um edificio de um material maleável tão resistente, que se um míssil cair em seu centro, só deixará seus próprios pedaços espalhados pelo chão.

A Ilha não tem operadores humanos e tem seu próprio sistema de defesa contra intrusos eventuais. Existem duas portas redondas no alto desse edifício e um elevador que desce profundamente até uma Sala Branca, onde o futuro do planeta é discutido. No centro desta sala existe uma mesa e cadeiras feitas inteiramente de cristal transparente. Todos os participantes das reuniões, independentemente de serem deste mundo ou de outros ligados à Terra, grandes comandantes, proprietários de grandes corporações ou homens comuns, tiram suas roupas e pertences, antes de entrarem nessa sala. Todos usam vestes brancas e carregam apenas um tipo de vela grossa, também de cristal, colocada à frente de seus assentos. As coisas discutidas nessa sala nunca serão reveladas e as decisões tomadas não são vinculadas a crenças, mas sim para garantir a sobrevivência da espécie humana. Não há partidos politicos ou religiosos dentro dessa sala. Fora dela, os presentes tem a sua vida privada, mas sabem que a Era da Luz está chegando, pois assim foi decidido. Sempre existiram muitos assentos vazios esperando aqueles capazes de reinvidicá-los.

Se você se esforça para a grandeza do planeta, busca a luz que brilha cada vez mais, e entende sua origem, pode ser que um dia seja convidado a entrar nessa sala sagrada e se sentar ao lado desses comandantes, mesmo que seja como um simples ouvinte