A seguinte descoberta foi feita em 1914, quando uma equipe de arqueólogos descobriu este sítio insano em Gunung Padang, na Indonésia.

A equipe descobriu essencialmente duas montanhas enormes que pareciam muito deslocadas simplesmente por causa de suas formas e tamanhos.

Foi quando eles perceberam o fato de que encontraram duas enormes pirâmides artificiais, não apenas um sítio megalítico natural.

No início, eles não podiam nem acreditar em seus olhos, pois as estruturas eram simplesmente grandes demais para que fossem realmente considerados artificiais, mas, conforme eles continuaram com sua pesquisa, ficou claro que esse era o caso.

Cem anos depois, a pesquisa ainda está em andamento até hoje, com mais e mais evidências parecendo apoiar essa teoria um tanto bizarra.

Quer estejamos falando sobre radares de penetração no solo, imagens de satélite e eco-fotografia, agora temos os meios para provar oficialmente de uma vez por todas que, afinal, não se tratam apenas de montanhas.

Para esconder a verdade, dizem que muitas pessoas foram pagas para mentir sobre a descoberta, mas o dinheiro não foi suficiente para influenciar os arqueólogos originais.

Diz-se que os monumentos já têm mais de 25.000 anos e, embora a mídia nunca divulgue a descoberta, está bastante claro que esta é a prova legítima de uma civilização que era ainda mais “louca por pirâmides” do que os antigos egípcios.

(Fonte) via OH

Bônus: